Velaterapia queima as pontas e faz cabelo crescer mais forte e bonito

Técnica deve ser feita somente com profissionais

Um procedimento diferente para tratar os cabelos vem conquistando muitas mulheres. É a velaterapia que, literalmente, queima as pontas duplas, cauterizando o fio e fazendo com que o cabelo cresça mais forte e encorpado.

A técnica é antiga, mas só agora está conquistando mais adeptas, especialmente porque as mulheres que antes tinham receio estão entendendo melhor como funciona. “A pessoa procura o salão e, depois de uma avaliação, é definido se há necessidade do procedimento. Normalmente é recomendado para quem está com o cabelo muito ressecado, com pontas duplas, poroso e com dificuldade para crescer”, explica a cabeleireira Sabrina Dias, do salão Laces and Hair, em São Paulo.

O procedimento é feito no cabelo seco, antes de ser lavado, e dura de 30 a 40 minutos, dependendo da quantidade de fios, que são separados em mechas e torcidos para receber a chama da vela. Em seguida, é feito o chamado ‘bordado’, com a tesoura e, para finalizar, são aplicados produtos específicos para devolver a vitalidade, já que o cabelo está mais preparado para absorver melhor os nutrientes. A cada três meses pode ser feito novamente.

A cabeleireira explica que o maior diferencial da velaterapia é que realmente elimina as pontas danificadas, ao contrário das hidratações tradicionais, que têm um efeito de maquiagem, resolvem o problema na hora, mas depois de lavar, vai saindo.

Apesar de parecer um procedimento simples, a velaterapia nunca deve ser feita em casa. “Como a técnica é muito antiga, isso até ocorria no tempo das nossas avós e bisavós, mas eram pessoas que conheciam, sabiam como fazer e passavam esse conhecimento. O recomendável é que sempre seja procurado um profissional, para não correr o risco de realmente queimar o cabelo”, diz.

Fonte: Bolsa de Mulher

Leia também