Comportamento

Homens são mais comprometidos quando o assunto é perder peso

A ideia de que homens estão cada vez mais procurando por procedimentos estéticos não é uma novidade. Contudo o que muitos não sabem é que eles são mais comprometidos quanto aos processos e que a maior parte do público masculino busca ajuda por questões de saúde.

A psicóloga e coach em emagrecimento, Aline Del Rio, explica que entre os procedimentos mais procurados pelos homens está o emagrecimento e o que reduz a gordura localizada. “Um exemplo é a pessoa que já faz academia, conta com uma vida saudável, mas tem aquela gordurinha localizada no abdômen, que não sai. Essa é uma das procuras. Mas a maioria é emagrecimento”, ressalta.

Aline observa ser crescente a procura de homens por procedimentos estéticos. “Acredito que isso ocorra pelo fato de a estética ter saído da área da beleza e, hoje em dia, ser considerada uma área da saúde. Não se trata apenas da estética visual, mas há uma preocupação maior em relação ao que pode ser gerado na pessoa. Essa mudança de pensamento em relação à estética trouxe mais os homens para as clínicas”, pontua.

Apesar dos avanços, Aline diz que alguns homens ainda sofrem preconceitos quando procuram por clínica de estética. Porém ela acredita que essa ideia está sendo quebrada aos poucos. “Observamos que alguns ficam meio ressabiados, sem graça, e geralmente vêm acompanhados de suas mulheres. Mas como esse conceito de estética mudou muito, penso que eles já estão procurando, mesmo com certo receio”, comenta a coach chamando a atenção à realidade de que muitos enxergam ou associam certos trabalhos do campo da estética, com massagens, a outros contextos. “Por isso, muitos profissionais resistem ao atendimento”, enfatiza.

Ela destaca ser bem visível o comprometimento dos homens em qualquer processo. “Falando do emagrecimento, o público masculino vem procurar a gente por essa questão de saúde. Dificilmente a procura é pela estética, pela vontade de entrar em uma roupa, porque precisa ir a um evento. Ele está em busca de saúde”, reforça contando que os relatos, na maioria das vezes, são de que os exames estão alterados, de que há alguma dificuldade funcional ou recomendação médica. “Por isso mesmo eles são muito mais focados. E fisiologicamente, o processo de perda de peso ocorre de forma mais rápida. Apesar disso, não podemos dizer que o fato de não conseguir entrar em determinada roupa não gere muita dor à pessoa”, pondera.

Aline frisa que não se pode generalizar, porque os resultados variam em cada caso. O processo de emagrecimento não é apenas o biológico e conta com outros fatores. “Lógico que existem as exceções em que o homem não faz o que é necessário. Embora raro, alguns buscam por procedimentos porque a esposa disse que é preciso emagrecer. Isso acaba gerando um não comprometimento. O primeiro passo para se chegar ao objetivo é a pessoa estar decidida em mudar. Ela também não deve ser motivada apenas por momentos, como, por exemplo, a necessidade de emagrecer porque vai se casar. Em um primeiro momento, até se consegue perder peso, porém acaba voltando tudo novamente.”

O apoio da família é fundamental. Aline explica que, às vezes, acontece de apenas o paciente estar em processo de emagrecimento, e filhos e mulher não estarem juntos. “Não digo que todos da casa têm de seguir o mesmo processo de quem buscar emagrecer, mas é preciso dar apoio, não ficar naquilo de “é só um pedacinho”. Costumamos dizer que um dos sabotadores do emagrecimento é a família”, brinca ressaltando que o primeiro passo para se chegar a qualquer objetivo é querer mudar.